Estátua de Borba Gato incendiada em SP
Reprodução: Exame
Estátua de Borba Gato incendiada em SP

A estátua de Borba Gato, bandeirante paulista, que foi incendiada no último sábado, 24 , será restaurada por empresário, segundo o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Nunes afirmou nesta segunda-feira, 26, que o empresário de identidade não declarada, arcará com todos os custos da restauração.

O monumento localizado em Santo Amaro, zona sul de São Paulo, é criticado desde a inauguração, em 27 de janeiro de 1963. A obra já sofreu outros ataques como um banho de tinta em 2016 e é julgada por representar um bandeirante que “caçava” indígenas.

“As investigações seguem para identificar e responsabilizar os demais envolvidos no caso”, informou a Secretaria da Segurança Pública (SSP) em nota.

Um grupo de quase 20 pessoas colocou fogo em pneus na base da estátua. O motorista de caminhão que entregou os pneus no local foi detido no domingo, 25, por policiais do 11º DP.

Você viu?

O prefeito de São Paulo se pronunciou nesta segunda sobre o ato. "Classificamos como lamentável e um ato de vandalismo . Não é fazendo um ato de vandalismo que vai poder discutir questões, mesmo que sejam dívidas do passado".

A estátua , apesar de queimada, segue de pé e receberá uma avaliação especializada sobre o estado do monumento ainda nesta semana. Após a avaliação será possível saber o preço da restauração e a duração dos reparos.


“A GCM (Guarda Civil Municipal) informa que irá aumentar o número de rondas pela praça Augusto Tortorelo de Araújo”, informou a gestão municipal.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários