Lázaro Barbosa
Reprodução
Lázaro Barbosa

Segundo a Polícia Civil foi pedido o arquivamento dos casos pelos quais Lázaro Barbosa estava sendo investigado. Lázaro era suspeito de cometer crime de homicídio e latrocínio em Goiás. Entre eles o assassinato de uma família em Ceilândia. Os casos foram arquivados por conta da  morte do suspeito.

Os processos foram direcionados ao Ministério Público e encaminhados nos dias 19 e 21 de julho. Segundo a assessoria de imprensa, eles estão sendo analisados e foram enviados “apenas para o reconhecimento da extinção de punibilidade pelo óbito”.


De acordo com Rodney Miranda, secretário de Segurança Pública, Lázaro é suspeito de agir com uma espécie de jagunço para fazendeiros na região do Distrito Federal. Tais ações, para Miranda, podem estar ligadas a conflitos fundiários. Além disso, o serial killer seria o responsável por pelo menos 30 crimes cometidos em Goiás, Bahia e Distrito Federal. 

A polícia imagina que Lázaro tinha suporte de outras pessoas para fugir durante 20 dias da força-tarefa composta por 270 policias de diversas equipes de segurança.  Um fazendeiro se tornou réu por apoiar fuga de Lázaro.

Elmi Caetano Evangelista se tornou réu por ajudar Lázaro Barbosa em fuga
Reproducao / Tv Anhanguera
Elmi Caetano Evangelista se tornou réu por ajudar Lázaro Barbosa em fuga


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários