Fernando Haddad critica proposta de semiparlamentarismo no Brasil
Ricardo Stuckert
Fernando Haddad critica proposta de semiparlamentarismo no Brasil

Fernando Haddad (PT), ex-candidato a presidência da República , usou suas redes sociais para criticar a proposta que tramita no parlamento brasileiro que visa implementar o semipresidencialismo no país em 2027. "Imagine o Congresso escolher o chefe de governo", opinou o petista.

O ex-prefeito de São Paulo alega que a proposta se trata de "três atos da mesma peça de teatro", que inclue um "impeachment sem crime", da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a "fraude eleitoral de 2018" com a eleição de Jair Bolsonaro (sem partido).

A vítima desta, segundo Haddad, "é a mesma: a soberania popular".

Confira a publicação:

Você viu?


A proposta de semipresidencialismo tornou-se uma das bandeiras do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Nesta segunda, parlamentar assumiu que articula nos bastidores da Casa para que o projeto caminhe e seja aprovado.


Já Fernando Haddad encontra-se entre os três candidatos com maiores intenções de votos nas pesquisas para as eleições estaduais de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários