Queiroz e Bolsonaro trabalharam juntos na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, período em que Flávio é acusado de realizar 'rachadinhas'
Reprodução/Instagram
Queiroz e Bolsonaro trabalharam juntos na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, período em que Flávio é acusado de realizar 'rachadinhas'

Enquanto esteve escondido na casa de  Frederick Wassef - advogado da família do presidente da República - Fabrício Queiroz buscava retornar ao cargo de assessor de Flávio Bolsonaro . A esposa de Queiroz, Márcia Aguiar, porém, alegou que "o 01, o Jair, não vai deixar". As informações são do portal Uol.

A troca de mensagens entre Márcia e Nathália Queiroz (filha de Fabrício) ocorreu em 24 de outubro de 2019. O mencionado seria o atual presidente da República, Jair Bolsonaro, que não autorizaria o retorno do policial militar reformado ao cargo de assessor do filho.

Márcia chamou Queiroz de "burro" por articular para voltar a trabalhar com Flávio. "É chato. É que ainda não caiu a ficha dele que agora voltar para a política, voltar para o que ele fazia, esquece. Bota anos para ele voltar. Até porque o 01, o Jair [Bolsonaro], não vai deixar. Tá entendendo? Não pelo Flávio, mas enfim não caiu essa ficha não. Fazer o quê? Eu tenho que estar do lado dele".

A esposa de Fabrício ainda reclamou do marido estar escondido e comparou a situação do ex-assessor a de um presidiário.

"Essa vida, a gente não tem que confiar em ninguém. Se bobear, nem na própria família. Ainda mais num caso desse daí. Ele [Queiroz] fala da política como se tivesse lá dentro trabalhando e resolvendo. Um exemplo que eu tenho, que parece. Parece aquele bandido que tá preso dando ordens aqui fora. Resolvendo tudo", desabafou.


A defesa de Márcia Aguiar preferiu não responde às perguntas realizadas pela reportagem sobre a menção ao presidente Bolsonaro. Jair nega que teve qualquer conversa com Queiroz desde o escândalo das rachadinhas de seu filho, Flávio Bolsonaro, na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, enquanto ocupou o cargo de deputado estadual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários