Ulisses Carlos Pourchet e Janaína Castro Souza Pourchet
Reprodução
Ulisses Carlos Pourchet e Janaína Castro Souza Pourchet


Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) está investigando o que causou a morte de um casal em apartamento do Recreio do Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, na noite dessa quinta-feira. Informações preliminares dão conta que o policial civil Ulisses Carlos Pourchet, de 45 anos, lotado na Delegacia do Aeroporto Internacional (Dairj), tenha matado a sua mulher, Janaína Castro Souza Pourchet, de 44. O caso é investigado como feminicídio seguido de suicídio.

Neste primeiro momento não se sabe o que motivou o crime. No entanto, o filho do casal, um menino de 12 anos, testemunhou o crime e chegou a pedir ajuda para o Corpo de Bombeiros para que Janaína fosse socorrida.

Você viu?

Os bombeiros foram acionados às 22h12m, mas Ulisses e Janaína já estavam mortos quando os socorristas chegaram. Os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML), onde passarão por perícia na manhã desta sexta-feira.


Os agentes já ouviram duas testemunhas: o porteiro e um morador do prédio. Familiares do casal também devem prestar depoimento para os investigadores entenderem se o caso é um feminicídio seguido de suicídio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários