Festa clandestina com mais de 500 pessoas foi interrompida por fiscalização de São Vicente, SP
Reprodução/Prefeitura de São Vicente
Festa clandestina com mais de 500 pessoas foi interrompida por fiscalização de São Vicente, SP

Uma festa clandestina com mais de 500 pessoas foi dispersada pela força tarefa de fiscalização da prefeitura de São Vicente, no litoral paulista, na noite de ontem (12). Festas e aglomerações estão proibidas na cidade por serem ambientes de grande propagação do novo coronavírus.

Segundo a prefeitura, o evento ocorria na Rua Tupiniquins, no bairro do Japuí, e reunia centenas de pessoas sem máscara. A força tarefa encerrou a festa, lavrou autos de infração por falta de uso de máscara e apreendeu equipamentos de som.

A fiscalização é feita por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Desenvolvimento do Comércio, Indústria e Assuntos Portuários (Secinp) e da Secretaria de Trânsito e Transportes (Setrans).

Denúncias sobre festas clandestinas ou aglomerações podem ser feitas em São Vicente pelo telefone 153 ou pelo WhatsApp (13) 99641-0112.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários