Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch falarão sobre a pandemia aos senadores membros da comissão parlamentar de inquérito
Reprodução/Senado Federal
Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch falarão sobre a pandemia aos senadores membros da comissão parlamentar de inquérito

CPI da Covid realizará nesta sexta-feira (11) uma audiência pública que contará com dois especialistas em saúde pública: Natalia Pasternak, microbiologista e pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) , e Cláudio Maierovitch, sanitarista e ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ambos falarão na condição de convidados, às 9h.

Os dois especialistas são favoráveis as medidas de distanciamento social e ao uso de máscaras - bem como defensores das vacinas e contrários a recomendação de remédios sem comprovação científica - como políticas públicas de combate à pandemia do novo coronavírus.

Natália Pasternak tornou-se figura pública relevante desde o início da pandemia de covid-19 e publicou, em julho de 2020, um artigo afirmando - já naquela época - que havia evidências científicas de que o tratamento precoce não era eficaz contra a doença.

A publicação ocorreu no mesmo mês em que o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello , emitiu uma nota promovendo o uso de cloroquina e hidroxicloroquina, baseando-se, nas palavras de Pasternak, em "evidências fracas".


Cláudio Maierovitch afirmou em julho de 2020, em entrevista à GloboNews, que o Ministério da Saúde era "pouco profisional". "Não é usual que por meio de um simples ofício que não tem uma base científica sólida, se oriente uma mudança em relação à conduta dos profissionais."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários