Ônibus queimado em Manaus
Reprodução/Leandro Guedes/Rede Amazônica
Ônibus queimado em Manaus

Ao menos 17 veículos, entre ônibus e uma ambulância , foram incendiados na madrugada deste domingo (6) em Manaus . De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a ordem para os atentados partiu de dentro de um presídio após a morte de um traficante . As informações são do G1.

Um gabinete de crise foi montado com equipes da Polícia Militar e Polícia Civil , e todos os ônibus do transporte coletivo da cidade foram recolhidos. Até o momento, não há informações sobre feridos e ninguém foi preso devido aos atentados.

"Os ataques foram motivados em função da morte de um traficante. E a inteligência levantou que essa determinação veio de dentro do presídio. Eu quero informar que quem for localizado dando essa ordem, será solicitada a transferência deles para presídio federal", disse o Coronel Louismar Bonates, secretário da SSP, ao G1.

O secretário também disse que o número de viaturas nas ruas de Manaus foi triplicado neste domingo. De acordo com a SSP, incêndios também foram registrados no interior do Amazonas , nas cidades de Paritins e Careiro Castanho, onde o policiamento também deve ser reforçado.

Em nota ao G1, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) disse que repudia os "atos de vandalismo ocorridos nas primeiras horas deste domingo. E que a violência das ações causou pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários