Ataque teria sido uma retaliação após tentativa de invasão na base de operação da PF
Reprodução
Ataque teria sido uma retaliação após tentativa de invasão na base de operação da PF

Garimpeiros atacaram aldeias indígneas Munduruku em Jacareacanga , no extremo sudoeste do Pará, segundo informou a organização Terra dos Direitos. De acordo com a organização, o ataque começou por volta das 13h da última quarta-feira (27). A região é alvo de garimpo ilegal.

Uma das lideranças ameaçadas pelos garimpeiros, Maria Leusa, da Aldeia Fazenda Tapajós, teve sua casa queimada. A Terra dos Direitos informou que tenta o contato com a aldeia, mas ainda não conseguiu. A Polícia Federal foi acionada.

Você viu?


Ataque acontece em meio a Operação Mundurukânia, da PF, determinada pelo Supremo Tribunal Federal ( STF ), em julho do ano passado, para o enfrentamento à Covid-19 dentro dos territórios indígenas. Mais cedo, nesta manhã, agentes das forças de segurança foram surpreendidos por um grupo de garimpeiros que tentaram invadir a base da operação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários