CPI da Covid apresentou na última semana o seu recorde de aprovação nas redes sociais
Reprodução
CPI da Covid apresentou na última semana o seu recorde de aprovação nas redes sociais

Segundo dados revelados pela agência .MAP, a  CPI da Covid apresentou na última semana o seu recorde de aprovação nas redes sociais. Foram contabilizados 1,4 milhão de posts diários sendo 71,54% destas publicações avaliadas de maneira positiva. As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

O depoente mais aguardado da comissão parlamentar de inquérito falou aos senadores membros da CPI neste período, o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello . O general viu sua aprovação cair a níveis baixíssimos.

Até a última sexta-feira (21), apenas 5,25% das publicações realizadas a Pazuello eram avaliadas de maneira positiva. O general é a segunda figura política mais citada nas redes sociais, sendo que 24,88% das mensagens citam o ex-ministro. O líder neste quesito é o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que apareceu em 29,6% das opiniões, sendo 32,9% destas positivas.


Está agendado para a próxima terça-feira (25) o depoimento da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. A depoente é conhecida como 'Capitã Cloroquina' e obteve através do Supremo Tribunal Federal (STF), na última sexta-feira (21), o direito de permanecer em silêncio durante a sua fala para não produzir provas contra si mesma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários