Violência sexual contra crianças e adolescentes
shutterstock
Violência sexual contra crianças e adolescentes


Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e do Adolescente (DPCA) prenderam um homem de 27 anos que e stuprava a sobrinha de apenas 10 anos . A vítima teria sido violentada pelo menos três vezes em 2009. O agressor foi preso nessa última terça-feira (19), em Iporã (GO). AS informações são so portal Metrópoles.

Contra o suspeito já havia uma ordem de prisão, com pena de 14 anos, por conta dos estupros cometidos contra a criança . Segundo apontam as investigações , as agressões teriam ocorrido em Platina, onde a vítima morava com os pais na época. O agressor morava perto da vítima , e aproveitava os momentos em que ficava sozinho com a criança para cometer os abusos .

A violência foi descoberta por uma professora da criança. A menina revelou a ela que estava supostamente “ grávida de um namorado ”. Após relatar à mãe, foi descoberto que o agressor era o tio da vítima.

Após exames, a gravidez foi descartada. Segundo a delegada-chefe da DPCA, Simone Pereira, o preso será encaminhado para o sistema penitenciário da Papuda.  “Como o inquérito foi instaurado aqui na época e a sentença condenatória foi expedida pela Justiça do DF, o sentenciado cumprirá a pena em nosso sistema carcerário”, declarou.


No ano de 2020, 1.517 crianças e adolescentes foram vítimas de estupro de vulnerável na capital da República,  de acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Entre os casos estão incluídos a conjunção carnal ou a prática de outro ato libidinoso com menor de 14 anos. Ceilândia foi a região com o maior número de casos, com 92 ocorrências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários