Mulher e filho de Bolsonaro disputam nome para o STF
O Antagonista
Mulher e filho de Bolsonaro disputam nome para o STF

A segunda vaga para o Supremo Tribunal Federal (STF) é motivo de conflito na família Bolsonaro . O presidente da República já sinalizou que o próximo ministro será um evangélico e está indeciso entre dois nomes.

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) insiste que o pai escolha Humberto Martins , presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O nome não agrada aliados do presidente pelo fato de Martins ser considerado um evangélico moderado. Já a primeira-dama Michelle Bolsonaro sugere a indicação de André Mendonça , advogado-geral da União, prestigiado por lideranças evangélicas.

Outro nome indicado por evangélicos a Bolsonaro é William Douglas , desembargador do Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF-2). Este não agrada aliados do presidente.

A segunda vaga no STF é uma entre as 65 indicações que Bolsonaro terá que fazer até o fim de seu mandato. O presidente da República também terá que escolher nomes para tribunais regionais (TRFs) e eleitorais  (TREs). 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários