Eduardo Cunha
José Cruz/Agência Brasil - 13.09.2016
Eduardo Cunha

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha teve sua prisão revogada nesta quarta-feira (28) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. As informações são da CNN Brasil.

A decisão foi tomada de forma unânime pelo tribunal após um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do político.

"Finalmente a Justiça começa a ser concretizada", comemoraram os advogados do ex-deputado, Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Velloso e Rafael Guedes de Castro.

O político estava preso preventivamente desde outubro de 2016. Em 2017, foi condenado a 15 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de dívidas.

Ele estava em prisão domiciliar desde março do ano passado. Após a decisão do TRF-4, Cunha não precisará mais usar tornozeleira; seu passaporte, porém, seguirá retido.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários