Vereador abre caixão de homem com suspeita de Covid-19
Reprodução/ Redes Sociais
Vereador abre caixão de homem com suspeita de Covid-19

Em Minas Gerais , um vereador de Santa Bárbara do Leste será investigado após ter desrespeitado o protocolo sanitário de precaução contra o novo coronavírus. O parlamentar William Faria (PT), abriu um caixão de um idoso de 92 anos, antes dele ser enterrado para mostrar através de um vídeo que ele não teria morrido por Covid-19. Vídeo foi divulgado em suas redes sociais. As informações foram apuradas pelo G1.

De acordo com informações do Hospital Irmã Denise (Casu), na região de Caratinga, José Vieira do Carmo faleceu com Síndrome Respiratória Aguda Grava (SRAG) e com sintomas do novo coronavírus . Homem teria dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caratinga no sábado (24). Ele chegou a ser transferido para um hospital, mas acabou não resistindo. 

Segundo a família do idoso, ele chegou a fazer o teste rápido e seu resultado foi negativo. Ele também fez o teste PCR, mas não saiu resultado. Pelo diagnóstico de suspeita de Covid, o corpo do homem foi encaminhado para a funerária e em seguida, para o cemitério. 

"Por ser intubado, ele não aguentou a intubação. Foi feito o teste de Covid rápido e deu negativo. Então, ele foi para o Casu. Chegou no Casu, ele nem ficou tanto tempo. Era para terem colocado no prontuário médico, pois se é suspeita de Covid, a família tem que saber", declarou a neta do idoso, Graziela Vieira do Carmo.

Conforme os familiares, idoso já havia tomado a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e sempre apresentou problemas de saúde. Na próxima semana, ele iria tomar a segunda dose da vacina. A eficácia de um imunizante varia e sua imunidade começa a ser desenvolvida cerca de 10 ou 20 dias após a segunda dose.

Você viu?

A família do idoso então questionou o protocolo, pois eles queriam velar o homem e o teste rápido já havia apresentado o resultado negativo. Com isso, eles decidiram contatar o vereador , que ao chegar no cemitério, abriu o caixão lacrado, com um facão e toca na sacola que envolvia o corpo do idoso, indo contra a todos os protocolos sanitários de prevenção ao vírus.

"Nós não podemos enterrar um cidadão com dúvida. Não é simplesmente pegar um cidadão e empacotar ele e falar que é Covid. A gente tem que ter certeza do que está fazendo", manifestou o vereador.

Uma funcionária da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Santa Bárbara do Leste aparece em vídeo publicado nas redes socais e concorda com posicionamento do vereador. Através de nota, o município diz que funcionária se sentiu pressionada e que foi instigada pelo vereador. A prefeitura ainda declara que é contra a ação irresponsável do parlamentar, que colocou todos que estavam no local em risco de contaminação.

A Polícia Civil informou que o vereador está sendo investigado pelo crime de infração de medida sanitária preventiva , pois de acordo com a PC, o resultado do exame PCR é divulgado em três dias. O presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara se manifestou por meio de um video dizendo que a conduta do vereador será investigada.

"A Câmara Municipal esclarece que a conduta do vereador será devidamente investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Tão logo o processo seja concluído, daremos maiores esclarecimentos sobre as medidas adotadas em razão deste lamentável evento", finaliza Altair Nunes Ferreira, presidente da Câmara

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários