Festa clandestina flagrada na zona leste da capital tinha som de DJ e banda contratada
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Festa clandestina flagrada na zona leste da capital tinha som de DJ e banda contratada

Uma festa clandestina com 152 pessoas foi interrompida na madrugada deste sábado (24) na Zona Leste da capital paulista pelo comitê de blitze do governo do estado de São Paulo . O evento encerrado pelo órgão, que funciona também com a ajuda da Prefeitura da capital, era realizado no bairro do Aricanduva com pessoas aglomeradas e boa parte sem utilizar máscara de proteção facial.

No local, os agentes ainda flagraram som de DJ e banda contratada. No total, 17 pessoas foram detidas e autuadas, incluindo o proprietário do estabelecimento. Além disso, foram apreendidos equipamentos de som, instrumentos musicais, quatro máquinas de cartão e R$ 30 encontrados em duas máquinas caça-níqueis.

A ação foi deflagrada pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Especiais de Polícia (Dope), em apoio ao Comitê de Blitze. Equipes da Vigilância Sanitária e Procon-SP também realizaram as respectivas autuações.

Entre a noite de sexta-feira (23) e a madrugada deste sábado (24), a Polícia Militar realizou 1.445 ações de dispersão em todo estado, com 183 flagrantes a aglomerações. Na capital, foram 198 dispersões e 53 aglomerações.

A Vigilância Sanitária realizou um total de 25 inspeções, entre a noite de sexta-feira (23) e a madrugada deste sábado (24). As fiscalizações resultaram em quatro estabelecimentos autuados, incluindo três bares e lanchonetes flagrados com atendimento presencial e sem uso de máscaras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários