Expectativa de vida em São Paulo cai pela primeira vez desde 1940
Reprodução
Expectativa de vida em São Paulo cai pela primeira vez desde 1940

Pela primeira vez desde o início da série histórica, a expectativa de vida da população do estado de  São Paulo caiu . A pandemia do novo coronavírus - que matou 370 mil brasileiros, sendo 89 mil paulistas - explica essa queda.

De acordo com dados da Fundação Seade , o tempo estimado de vida após o nascer foi de 75,4 anos em 2020. Um ano a menos que em 2019, que contabilizou uma expectativa de 76,4 anos .

O instituto argumenta que “o rápido aumento dos níveis de mortalidade, com a expansão da pandemia da Covid-19 em todo o território paulista, afetou diretamente os padrões demográficos de longevidade conquistados, resultando em retrocesso ao patamar de vida média observado sete anos atrás, entre 2012 e 2013”.


A diminuição na expectativa de vida baseia-se no cálculo realizado por ela: a quantidade de óbitos numa região e a idade média do quanto tempo uma pessoa nascida hoje viverá. No último ano, houve um aumento de 12% na mortalidade no estado de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários