Monique Medeiros, com seu filho Henry no colo e Jairinho no elevador
Reprodução
Monique Medeiros, com seu filho Henry no colo e Jairinho no elevador

Duas semanas após saber das agressões sofridas pelo seu filho, Henry Borel , de quatro anos, contadas pela babá, Monique Medeiros enviou a sua mãe, Rosângela Medeiros, avó do menino, uma foto em que ele estava dormindo no chão do quarto em que ela dividia com seu namorado, Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho. As informações foram apuradas pelo Metrópoles. 

Durante diálogo, Rosângela respondeu à filha com a seguinte mensagem: “Toda criança é desse jeito. Seu irmão foi assim. O problema é que pai tolera e aceita. E tio?”. Monique então disse: “Quem ama, aceita e tolera também…”.

Conversa aconteceu 11 dias após a manifestação da babá, Thayna de Oliveira Ferreira, em contar para Monique sobre as agressões que o menino Henry vinha sofrendo. No dia, Thayna contou no mesmo momento em que viu Henry sendo agredido para a mãe do menino, porém ela só retornou para casa três horas depois.

De acordo c om o depoimento prestado na 16ª DP (Barra da Tijuca) , a babá conta que estava na brinquedoteca do prédio quando Monique a abordou dizendo para “darem uma volta” de carro. Ainda conforme disse a babá no depoimento , Monique falou: “Nossa, eu vim rápido, ainda borrei minha unha. Me conta, Thayna, o que aconteceu?”. 

Com isso, Thayna conta mais uma vez sobre a conversa que teve com o Henry, em que o menino contou as agressões de Jairinho . Henry ainda confirmou com a cabeça que havia sofrido agressão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários