Sepultamento no cemitério da Vila Formosa, em SP
Foto: Eduarda Esteves/iG
Sepultamento no cemitério da Vila Formosa, em SP

A prefeitura de São Paulo pode suspender os velórios na cidade e concentrar todos os sepultamentos apenas em dois cemitérios — caso o número de óbitos continue avançando na capital paulista. As informações foram passadas pelo secretário das Subprefeituras Alexandre Modonezi, em entrevista à CBN.

"Caso a gente tenha um crescimento muito grande, vamos fechar praticamente todos os cemitérios e trabalhar com dois — o Formosa 1 e 2, e o São Luís. Isso já foi feito em outras crises sanitárias do país pela logística", disse Modonezi.

Segundo o secretário, o plano de contingência será seguido caso São Paulo ultrapasse a casa dos 500 sepultamentos por dia. O recorde, até o momento, foi no dia 30 de março, com 419 sepultamentos.

"A cidade é muito grande, e, se concentrar o esforço dos sepultadores, da mão de obra e das agências em dois lugares, conseguimos atender a demanda, que está fora da normalidade. Esse seria um caso extremo, esperamos que não aconteça, mas monitoramos a situação diariamente", continuou.

Modonezi diz, porém, que a antecipação dos feriados surtiu "efeitos positivos" nos dados epidemiológicos, com diminuição no número de internações por Covid-19. "A gente está tendo menor internação, menos demanda, o que é muito bom, significa que o feriado deu resultado, as pessoas entenderam a gravidade do momento. Mantendo a melhora, acredito que a gente não vá ter que implementar essas medidas". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários