Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro

A integrante do Partido Democrata dos Estados Unidos, Pam Keith, que tentou ser deputada em 2020 e é um nome forte no estado da Florida, defendeu pelas redes sociais a intervenção norte-americana no Brasil e atacou fortemente o presidente Jair Bolsonaro.

“Eu não posso exagerar o quão séria a questão da crise no Brasil está ficando. Bolsonaro é um bruto corrupto, genocida, incompetente. As consequências disso podem ser horríveis. Intercessão internacional é necessária. AGORA", escreveu.

Ela ainda completou: "Estou repetindo meu alerta de que a crise da covid no Brasil é um problema sério. A falta de liderança de Bolsonaro está criando uma crise de saúde e econômica, coroado com um escândalo político de proporções épicas. Os EUA precisam ser proativos e liderarem uma intervenção internacional”.


Keith, que serviu na Marinha dos EUA de 1995 a 1999, concorreu a uma vaga de deputada federal pelo 18.º distrito da Flórida e teve 41,5% dos votos, perdendo para o republicano Brian Mast, que teve 56,3%. 

Vale lembrar que Bolsonaro é acusado de minimizar a pandemia em diversos momentos, assim como o ex-presidente dos EUA Donald Trump. Diante do número de casos e mortes por conta da Covid-19 crescente no Brasil, a preocupação internacional vem ganhando força nas últimas semanas.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários