Casa de prostituição é denunciada por causar aglomeração em Manaus
Divulgação/ SSP-AM
Casa de prostituição é denunciada por causar aglomeração em Manaus

Em Manaus , na noite de quarta-feira (24), três mulheres foram apreendidas pela Polícia Militar do Amazonas após receberem uma denuncia de aglomeração em uma casa de prostituição , no bairro Dom Pedro. Com uma denúncia anônima, as autoridades foram até o local pelo descumprimento das ordens de restrição contra a Covid-19. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

Prisão faz parte da operação Pronta Resposta , desenvolvida pelo coronel Louismar Bonates, secretário de Segurança Pública, com o intuito de investigar denúncias anônimas da população.

A Polícia Militar do Comando de Policiamento Especializado ( CPE ), chegaram no local da denúncia por volta das 21h30. Lá, foi encontrado cadernos com registros de programas sexuais com clientes, R$ 900 em espécie e máquinas de cartão de crédito.

Essa não foi a primeira vez que a casa de prostituição vira alvo de investigação da polícia. A primeira denúncia, no dia 9 de fevereiro, também feita por moradores, fez com a polícia localizasse drogas e apreendesse oito mulheres .

Ir contra as medidas impostas para conter a proliferação do novo coronavírus é crime. De acordo com o Código Penal, punição como prisão e multa se enquadram na situação de quem desrespeitar as restrições. O caso foi encaminhado para o 19º Distrito Integrado de Polícia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários