Menino de 4 anos chegou sem vida em hospital no Rio de Janeiro
Reprodução
Menino de 4 anos chegou sem vida em hospital no Rio de Janeiro

Imagens das câmeras de segurança do condomínio onde Henry Borel , de 4 anos, foi encontrado morto mostram que ele chegou bem em casa. De acordo com peritos do IML, o menino teve lesões por todo o corpo e hemorragia e chegou sem vida ao ser encaminhado a um hospital no Rio pelo mãe dele, Monique Medeiros , e o namorado dela, o vereador Dr. Jairinho .

O acesso às imagens foi obtido pela 16ª DP, que também verificou que o menino esteve com o pai em um shopping antes de ser deixado no condomínio com a mãe.

As imagens mostram Henry bem, sem nenhuma lesão aparente. Tanto no shopping, quanto na chegada no condomínio.

A mãe de Henry disse, em depoimento, que encontrou o menino caído no chão do quarto, passando mal, na madrugada do último dia 8. A polícia já sabe que, dentro do apartamento, só estavam ela, o padrasto da criança e o próprio menino.

O depoimento de Monique Medeiros e Dr. Jairinho na 16ª DP (Barra da Tijuca) durou 12 horas. Eles falaram em momentos diferentes e deixaram a delegacia da barra às 2h30 desta quinta-feira (18).

Os dois não quiseram conversar com jornalistas, nem na chegada, nem na saída. O depoimento aconteceu nove dias depois da morte de henry. Eles foram ouvidos como testemunhas. 

A equipe médica que atendeu a criança no hospital ainda não prestou depoimento. A polícia já sabe que lesões graves levaram à morte do menino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários