Com avaliação ruim, Bolsonaro vê maioria apoiar seu impeachment
Reprodução
Com avaliação ruim, Bolsonaro vê maioria apoiar seu impeachment

Uma  pesquisa da Atlas Consultoria realizada entre 8 e 10 de março, e que realizou 3.721 entrevistas por questionários disponibilizados pela internet, mostrou que a avaliação do governo Bolsonaro segue em baixa. O levantamento apontou taxa de rejeição de 60,1% ante aprovação de 34,8%.

Ainda de acordo com os resultados, o patamar é semelhante ao atingido entre os meses de maio e junho de 2020: a avaliação boa ou ótima do governo ficou em 24,5%, enquanto o ruim ou péssimo foi de 57%. Outro fator contrário ao presidente Bolsonaro foi o expressivo aumento no número de pessoas que apoiam o impeachment : 54,6% contra 41,3% contrários.

Os principais motivos apontados para o afastamento são: sabotagem no combate à pandemia da Covid-19, com 55%, e favorecimento de filhos e familiares e má gestão econômica, ambos com 54%.

Além do presidente, os entrevistados foram perguntados sobre a situação do ex-presidente Lula , que viu seus processos serem anulados pelo ministro Fachin e voltou a ser ficha limpa. Para 50,1%, o petista deve ser preso, enquanto 37,6% apoiam a manutenção de sua liberdade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários