Homens jogam gasolina e ateiam fogo em morador de rua em BH (Foto ilustrativa)
Marcelo Brandt/G1
Homens jogam gasolina e ateiam fogo em morador de rua em BH (Foto ilustrativa)

Na madrugada de terça-feira (09), um senhor, morador de rua, morreu após dois homens ainda não identificados, terem jogado gasolina sobre ele e atearem fogo , de acordo com testemunhas. O homem estava dormindo no momento, teve queimaduras sérias pelo corpo e teve pedido de ajuda negado pelas pessoas que passavam pelo local, mesmo com partes de seu corpo em carne viva. Caso aconteceu na Praça da Estação, região Central de Belo Horizonte . As informações foram apuradas pelo BHAZ. 

Anne Menezes, que saiu do metrô na Estação Central por volta das 08h, duas horas depois do atentado, foi quem prestou socorro ao homem. “Ninguém socorreu ele, ele estava queimado desde o final da madrugada. É muito triste ver que tem pessoas que fazem isso e pessoas que ignoram completamente a situação. Na Praça das Estação, o metrô abre às 5 horas da manhã, passando gente praticamente em cima dele desde antes dele pegar fogo”, conta. 

Um dos moradores de rua que estava prestando socorro a vítima disse a mulher que ninguém antes havia atendido a pedido. “Ele [o senhor] tremia de dor, se arrastava de dor no chão e ninguém fazia nada. E o morador de rua falando assim para mim: ‘Eu não consigo chamar o Samu, eu não tenho telefone’. Eu disse para ele que chamaria, depois da ligação, perguntei: ‘Por que vocês não ligaram antes?’ Foi quando ele me respondeu: ‘A gente pediu ajuda, ninguém quis ajudar'”, ressalta. 

Segundo as informações de testemunhas, por volta das 05h30 e 06h, um carro parou no local. “Pelo o que eles falaram, o carro parou… Na hora que o carro parou, eles viram, e aí uns homens foram andando… No que foram andando, jogaram a gasolina e jogaram fogo muito rápido”, conta Anne. “Eles falaram: ‘Passou uns playboys doidão aí e jogaram fogo nele, não deu tempo da gente acudir'”. 

Você viu?

Ainda de acordo os relatos de testemunhas, os responsáveis fugiram do local depois de atearem fogo no homem em situação de rua . “Saíram e arrancaram o carro”, completa a mulher. Depois do crime, o corpo dele ficou em carne viva. “Ele estava com a pele muito visível na carne viva, estava destampado porque o cobertor dele também pegou fogo. Então ele estava com metade do cobertor, com as pernas todas queimadas e um dos pés praticamente atrofiou”, diz. 

O SAMU foi acionado e confirmou que recebeu um chamado na terça (09), para atender uma vítima de queimadura, um homem, de 50 anos. Por meio de nota, eles afirmaram que a vítima foi socorrida e encaminhada para a UPA Centro-Sul. 

“A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que o SAMU foi acionado hoje na manhã desta terça-feira (9) para atendimento de um homem com cerca de 50 anos que foi encaminhado para a UPA Centro Sul com queimaduras”. 

Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros não foram acionados na hora do caso e por isso, não registraram ocorrências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários