Governador Flávio Dino (PCdoB) e outros 19 chefes de executivo estaduais acusam Bolsonaro de mentir sobre repasses
Agência Brasil
Governador Flávio Dino (PCdoB) e outros 19 chefes de executivo estaduais acusam Bolsonaro de mentir sobre repasses

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse nesta segunda-feira (1) que vai entrar com ação no Supremo Tribunal Federa (STF) para que Bolsonaro retire ou corrija as informações erradas de suas redes sociais sobre repasses da Saúde a estados. As informações são do colunista Chico Alves .

Governadores contestam o valor divulgado por Bolsonaro. Segundo eles, o montante é muito menor do que o que foi anunciado pelo presidente em suas redes sociais.

"No caso do Maranhão, ele tinha vindo aqui há uns 20 dias, já tinha dito essas mentiras, eu já tinha desmentido", afirma Dino, para justificar que não acredita que o presidente tenha sido induzido a erro por auxiliares..

O governador do Maranhão avalia que Bolsonaro teve má-fé e faz uma campanha para jogar a população contra os governadores por acreditar que são um dos poucos obstáculo em seu objetivo de "quebrar todas as resistências institucionais" para se tornar um "déspota nada esclarecido".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários