Desmatamento: PF diz que abrirá inquérito se militares abandonarem operação contra madeira ilegal
Divulgação/PF
Desmatamento: PF diz que abrirá inquérito se militares abandonarem operação contra madeira ilegal

Após a Polícia Federal realizar a maior apreensão de madeiras ilegais na história do país com 43.700 toras retidas, quantia suficiente para construir 2.620 casas populares , o  Exército brasileiro comunicou que devidiu retirar as tropas mobilizadas na operação.

Até o momento, o Exército realiza a segurança das madeiras apreendidas, no Pará . Uma área total de 130.000m³ .

Em resposta ao Comando Militar do Norte , o delegado responsável argumentou que não existe prerrogativa do Exército para abandonar a ação. Caso isso ocorre, a Polícia Federal irá abrir um inquérito contra os militares .

A polícia diz que há "sério risco de perecimento e desaparecimento dos bens apreendidos (a propósito, com valoração milionária )" e, caso isso ocorra, "será instaurado inquérito policial destinado a investigar o evento e apurar responsabilidades sobre o ocorrido, sob as penas da lei ".


Em nota, o delegado ainda diz que a medida coloca em risco a relação das instituições, pois "desestabiliza as relações jurídicas do Exército Brasileiro com diversas instituições e órgãos públicos".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários