Ministro da Secretaria do governo, Luiz Ramos
Reprodução
Ministro da Secretaria do governo, Luiz Ramos

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, disse no domingo (14) em entrevista à Globonews que as orientações de distanciamento social foram um "erro mundial". 

“A gente começou a ver as notícias da Itália de idosos serem encontrados mortos nas casa, o tal do fique em casa que foi um erro, na Espanha… Então é uma doença que, desde o seu início, ainda não se tem até a data de hoje um completo conhecimento.”

Luiz Ramos admite que o governo pode ter cometido erros na gestão da pandemia, mas minimiza afirmando que ninguém sabia da gravidade da pandemia em seu começo. “Podem ter sido cometidos, porque perfeito só Deus”, disse. 

Dados contradizem o governo

Apesar da fala do ministro, dados mostram aumento do contágio depois do relaxamento das medidas de contenção à disseminação dos vírus. 

Segundo levantamento do site Poder360,  o registro de diagnósticos aumenta depois de feriados, quando pessoas reúnem-se em maior número apesar das recomendações de distanciamento social.

Foram considerados os feriados a partir de novembro de 2020 e os dois turnos das eleições. A menor variação foi de 10%, verificada 14 dias depois do Natal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários