Witzel
Reprodução
Governador afastado do Rio publicou vídeo andando de skate nas redes sociais

Acusado de desviar recursos destinados à Saúde e ao combate da pandemia de Covid-19 no Rio de Janeiro, o governador afastado Wilson Witzel utilizou as redes sociais nesta quinta-feira (11) para se defender das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro e lamentar o fato de ter virado réu após o STJ ter aceitado denúncia contra ele .

"Infelizmente, o recebimento de denúncia criminal no Brasil ainda se faz com base no princípio do "in dúbio pro societat", permitindo-se um processo penal duvidoso e recheado de acusações falhas. Ocorre que esses processos causam desgastes irreparáveis de imagem. Anos depois, quando são julgados improcedentes e geram absolvição, a imagem do acusado está irremediavelmente prejudicada", afirmou Witzel .

"Este é o caso da denúncia contra mim. Pela minha experiência como magistrado, é desta forma que avalio. Farei minha defesa com a certeza de que serei absolvido. Jamais pratiquei qualquer ato ilícito na minha vida. Este é um processo meramente político contra mim", finalizou o governador afastado.

Afastado agora por mais um ano das funções no governo, Witzel também postou um vídeo em que anda de skate para brincar com a situação. A  publicação é acompanhada das frases "até que aprendi rápido" e "não adianta, ele não cai".

Witzel foi denunciado no âmbito da Operação Tris in Idem, desdobramento da Lava Jato no Rio, e acusado de receber mais de R$ 500 mil em propinas para contratações emergenciais e liberações de pagamentos para a construção de hospitais de campanha e compra de respiradores e medicamentos usados no combate à pandemia da Covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários