Etien Juelien Orfeus Ritfeld, conhecido como Etta, ao ser preso na Barra da Tijuca
Reprodução
Etien Juelien Orfeus Ritfeld, conhecido como Etta, ao ser preso na Barra da Tijuca

Um traficante  holandês foi preso quando ia se casar com uma brasileira , na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro . Etien Juelien Orfeus Ritfeld, conhecido como Etta, de 39 anos, foi condenado por aliciar pessoas como mulas para distribuir drogas na Europa e estava na lista da Difusão Vermelha da Interpol com base nas informações incluídas pelas autoridades da Bélgica.

De acordo com a Polícia Federal, Etta chegou ao Rio no dia 21 de dezembro, dois dias depois da expedição do seu mandado de extradição pelo Supremo Tribunal Federal. Ele ficou hospedado em um endereço em Copacabana , e, desde o dia 26, estava em um hotel no mesmo bairro.

Você viu?



Etta conheceu a atual companheira, uma carioca, em viagens para a Holanda e Espanha, há cerca de cinco anos. Eles ficaram noivos em novembro do ano passado. Ao ser surpreendido pelos agentes do Núcleo de Cooperação Policial Internacional e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, em um restaurante na Avenida das Américas, o casal contou que entregaria os documentos a um despachante, na tarde desta terça-feira (26), para dar entrada nos trâmites matrimoniais. Ele tentaria permanência no país tendo como base o enlace com a brasileira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários