Carlos Bolsonaro nega ter tomado vacina e promove remédio sem comprovação
Reprodução
Carlos Bolsonaro nega ter tomado vacina e promove remédio sem comprovação

O vereador e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), se irritou, nesta sexta-feira (22), com um boato sobre ele ter tomado a vacina contra a Covid-19. Ele negou que tenha tomado o imunizante e aproveitou para promover a invermectina, um remédio sem eficácia comprovada contra a doença.

"A única coisa que devo ter furado deve ter sido a mãe de quem divulga mais uma fakenews de nível global e diária! A escória não vive sem mentir e manipular! Não tomei vacina alguma! Invermectina quando e se um dia necessário para o tratamento adequado! Bom dia a todos!", afirmou Carlos em seu Twitter.

O boato foi divulgado por um perfil que não existe mais, chamado "Jornalista Mauro Cerullo". Ele escreveu que Carlos "furou a fila" e se vacinou contra Covid-19 no Rio de Janeiro.

Isso começou a impulsionar a hashtag #CarluxoFuraFila, que apareceu entre os trending topics do Twitter na manhã desta sexta (22).

A família Bolsonaro tem afirmado constantemente que não vai se vacinar e, inclusive, já criou dúvidas sobre os imunizantes. Eles também costumam incentivar o uso de ivermectina, cloroquina e outros remédios sem eficácia comprovada para tratar a doença, o chamado 'tratamento precoce'. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários