Polícia apreende arma usada em crime
POLÍCIA MILITAR / DIVULGAÇÃO
Polícia apreende arma usada em crime

Na noite de terça-feira (19), um homem foi espancado, teve seu celular roubado e obrigado a engolir uma nota de R$100 após tentar comprar drogas com dinheiro falso. O caso aconteceu na vila Bimbarra, na região Oeste de Belo Horizonte . As informações foram apuradas pelo O Tempo. 

Segundo seu depoimento prestado a polícia, a vítima teria trabalho durante todo o dia e recebeu a nota como pagamento. Ao final do expediente, ele se dirigiu até a vila para comprar a substância e lá foi notificado pelos responsáveis pela venda de que a nota seria falsa. 

“Eles chamaram o gerente do tráfico, levaram a vítima para um beco, onde ela foi agredida com socos e tapas no rosto. Os criminosos ordenaram que ele mastigasse a nota, sendo que entregaram até um copo de água para que ele engolisse. Em seguida ordenaram que ele saísse do aglomerado, mas ficaram com o celular da vítima”, declarou o tenente Márcio Gonçalves, do 22 Batalhão de Polícia Militar

Com a denúncia em andamento, os agentes militares se deslocaram até o local com a vítima e com isso, ele pode identificar um dos agressores que estava com uma criança de seis anos no colo. 

Você viu?

“Ele estava com uma criança, a enteada dele e uma mulher perto. Ordenamos que colocasse a menina no chão para que a abordagem fosse realizada. Ele obedeceu, mas depois sacou uma arma 9mm e começou a atirar contra os policiais”, disse o policial. 

De acordo com as autoridades, o homem, de 40 anos, deu 15 disparos e para se proteger, os policiais revidaram com tiros. O homem foi atingido com quatro disparos na mão e foi encaminhado para Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Ele segue internado, sem riscos de vida, com escolta policial. 

"Durante o registro da ocorrência, o primo dele, de 20 anos, também foi reconhecido pela vítima como um dos autores da agressão e acabou preso. Nenhum militar foi atingido", contou Golçalves. 

As armas dos agentes militares foram recolhidas e um procedimento interno padrão será aberto para investigar o caso. O homem e a pistola de 9mm apreendida, foram encaminhados para à Delegacia de Plantão 3 (Deplan). 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários