Veículos chegaram na madrugada desta quarta-feira
Reprodução
Veículos chegaram na madrugada desta quarta-feira

Na noite desta terça-feira (19), os cinco caminhões carregados com 107 mil m³ de oxigênio enviados pelo governo da Venezuela enfim chegaram a Manaus, após uma viagem de mais de 1.500 km desde o estado de Bolívar, localizado no sul do país.

Segundo informações da agência de notícias AFP, o comboio, que contava com um caminhão carregando uma bandeira da Venezuela , chegou em Manaus por volta das 21h40 (horário de Brasília). Agora, a carga de oxigênio deve ser encaminhada aos hospitais da cidade que sofrem com o colapso da rede de saúde por conta do agravamento da crise da Covid-19 no estado.

Desde a última semana, dezenas de pessoas já morreram na capital amazonense e em cidades do interior por conta da falta de oxigênio nas unidades de Saúde . Há, inclusive, r elatos de fugas e pacientes que solicitam alta aos médicos para que possam "morrer em casa" .

Você viu?

Ainda de acordo com a publicação, a demanda diária atual  no Amazonas é de 76.000 m³. Entretanto, as empresas fornecedoras só têm conseguido entregar pouco mais de 28.000 m³ ao dia.

Assim, a remessa enviada pela Venezuela ganha peso ainda maior, apesar das tentativas de "confronto" do  presidente Jair Bolsonaro com Nicolás Maduro. Na última semana, o brasileiro chegou a dizer que aceitaria a oferta dos venezuelanos, mas também aproveitou para alfinetar: "Se quiser nos abastecer, podemos recebê-lo sem problemas; mas ele poderia dar ajuda emergencial a seu povo também".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários