Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara
Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), falou sobre a situação de Manaus— cidade que enfrenta colapso do sistema de saúde e falta de oxigênio para tratar internados por Covid-19 . O parlamentar disse que a situação da capital amazonense é fruto da "agenda negacionista" de lideranças.

"A falta de oxigênio em Manaus, o atraso na vacina, a falta de coordenação com estados e municípios são resultado da agenda negacionista que muitas lideranças promovem", disse, em sua conta do Twitter.

Na sequência, Maia pediu união de forças para "salvar vidas" e disse que é fundamental que o Congresso retome suas atividades na semana que vem.

A crítica do presidente da Câmara parece ter sido direcionada aos que endossam o coro pela reabertura do comércio.  No dia 27 de dezembro, mesmo com alta de internações, o governador de Amazonas, Wilson Lima (PSC), autorizou a reabertura do comércio.

Além do governador de Amazonas, Bolsonaro recorrentemente critica as medidas de isolamento social.  Em live realizada no último dia do ano, o presidente disse que o fechamento dos comércios geraria "caos".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários