montagem com a mulher à esquerda e o senador à direita
Reprodução R7
Deputada Flordelis e senador Chico Rodrigues

Os casos da deputada federal Flordelis e do  senador Chico Rodrigues devem continuar congelados pelo menos até as eleições às presidências da Câmara dos Deputados e do Senado Federal em fevereiro. As informações são do portal R7 .

Os Conselhos de Ética de ambas as Casas, que são responsáveis por analisar os pedidos de cassação dos mandatos, estão paralisados desde março do ano passado, devido à pandemia de Covid-19. Segundo as fontes ouvidas pelo portal, a situação deve continuar assim até fevereiro, quando está marcada a eleição das Mesas Diretoras. 

Após o pleito legislativo, há eleição para os novos membros das comissões e conselhos e a análise de pedidos de retorno desses grupos, pelos novos presidentes, para dar início à investigação dos casos.

Casos

A deputada  Flordelis é acusada pelo Ministério Público de ser a mandante da morte de seu ex-marido, o pastor Anderson do Carmo . Em depoimento à Justiça, a mulher admitiu, pela primeira vez, que sabia sobre o plano de seu filho adotivo, Lucas dos Santos, de matar o pastor .

Por outro lado, o senador Chico Rodrigues foi  flagrado com dinheiro na cueca durante uma operação da Polícia Federal em Boa Vista (RR) . A investigação apura os desvios de dinheiro público destinado ao combate da pandemia de covid-19. Ambos os investigados negam as acusações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários