Bolsonaro
Isac Nóbrega/PR
Nome do presidente passou por 'boom' de popularidade em 2018

O nome do  presidente Bolsonaro já não goza do mesmo prestígio entre as famílias brasileiras como ocorreu em anos anteriores. Levantamento realizado no final de 2020 mostra que o número de crianças registradas como 'Jair' no país caiu cerca de 14% no comparativo com os dois anos anteriores.

Segundo o blog do jornalista Guilherme Amado, dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil), que agrupa informações sobre os recém-nascidos em todo o Brasil, mostram que apenas 133 bebês chamados ' Jair ' foram registrados ao longo de 2020.

No comparativo com anos anteriores, em especial com 2018 e 2019, houve queda na popularidade do nome. Ao longo do último ano da campanha presidencial, que culminou na eleição de Bolsonaro , 157 recém-nascidos se tornaram "xarás" do então candidato do PSL. No ano seguinte, foram 156.

Recentemente, a Arpen divulgou os nomes mais utilizados pelas família ao longo de 2020 e na última década no Brasil. Após o 'boom' de nascimento de Enzos, o nome "Miguel" assumiu a liderança  entre os meninos e "Helena" ganhou força entre as meninas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários