Cisterna
Divulgação
Vítima foi resgatada da cisterna com ferimentos na cabeça

A Polícia Civil investiga uma tentativa de feminicídio ocorrida no primeiro dia do ano no bairro Anaia, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Gelsineia Ferreira da Silva, de 62 anos, foi encontrada na cisterna de sua própria casa com ferimentos na cabeça. O principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, que está foragido. As informações são do jornal O Dia .

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) apura os fatos. Em depoimento, familiares da vítima contaram que ela foi encontrada por uma de suas filhas. Segundo a filha, o ex-companheiro da mãe usou um machado nas agressões e depois a jogou na cisterna.

Ainda de acordo com o relato da filha, por volta de 7h ela entrou no quintal e ouviu um pedido de socorro vindo de dentro da cisterna . A mulher, de 35 anos, entrou em estado de choque ao ver que a mãe estava ensanguentada e sem condições de sair do local.

"Eu vi minha mãe molhada e ensanguentada . Eu queria morrer, foi o momento mais triste da minha vida, eu tive que ser forte, eu só queria chorar, principalmente, porque foi na manhã após o Ano Novo e ontem, na virada, nos oramos e estava tudo aparentemente bem!", relatou a filha, ao jornal O São Gonçalo.

Gelsineia Ferreira foi socorrida e levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro Colubandê, também em São Gonçalo. De acordo com a direção da unidade de saúde, ela permanece internada no CTI. Seu estado de saúde é considerado estável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários