PMs dispersam multidão com bombas de gás na praia de Riviera de São Lourenço%2C no litoral de SP
Reprodução
PMs dispersam multidão com bombas de gás na praia de Riviera de São Lourenço, no litoral de SP

Um grupo de policiais militares usou bombas de gás para encerrar já na manhã desta sexta-feira (1º) um luau clandestino de Réveillon que era realizado na praia de Riviera de São Lourenço , em Bertioga , litoral Norte de São Paulo.

Os oficiais se posicionaram em formato de cordão e começou a se aproximar da aglomeração aos poucos. Quando chegou mais perto, começou a lançar os artefatos contra as pessoas que estavam na faixa de área. A multidão logo começou a se dispersar.

Com centenas de jovens ocupando o local para comemorar a chegada de 2021, a festa descumpria um decreto municipal.

Imagens que circulam pela internet mostram que os frequentadores estavam aglomerados e poucos usavam máscara, item de proteção obrigatório em todo o estado de São Paulo para evitar a proliferação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Outros vídeos também mostraram cenas de brigas entre os frequentadores, que ingeriram elevada quantidade de bebida alcoólica e colocaram música alta.

Bertioga havia proibido o acesso às praias, incluindo faixa de areia, jardins e calçadões, das 19h do dia 31 de dezembro até as 7h do dia 1º para conter aglomerações.

Por meio da secretaria de Segurança Pública, o governo estadual disse que os policiais foram hostilizados e alvos de arremessos de pedras, garrafas e pedaços de madeira.

"Foi necessário o uso de munições de menor potencial ofensivo para dispersar a multidão. Não houve registro de feridos ou detidos", informou a PM.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários