arma
Reprodução
Arma

Um veterinário foi detido na madrugada desta quinta-feira (24), em Cuiabá, após ameaçar mulher e filha com uma arma de fogo. De acordo com o boletim de ocorrência, a filha do suspeito chamou a PM por volta das 3 da manhã para relatar que o pai estava armado tentando arrombar a porta do quarto onde ela e a mãe estavam escondidas.

Os policiais foram ao local e tentaram contato com a vítima para que alguém abrisse o portão da casa, mas não conseguiram. Depois, os PMs conseguiram entrar no local. O suspeito alegou para os policiais que só queria pegar os remédios que a mulher precisava tomar naquela noite.

Ainda de acordo com informações da ocorrência, a vítima relatou que no último domingo (20), o veterinário chegou a fazer "roleta-russa" na residência e tentou estuprá-la.

"Ela estava dormindo com a filha e seu esposo foi no quarto, retirou a filha do local e se trancou no quarto, ficando apenas ela e o agressor. O marido, de posse de um revólver, passou a fazer 'roleta-russa' na cabeça e, após isso, direcionou a arma para o cão", consta no BO.

No dia seguinte, quando a mulher estava dopada pelos remédios que havia tomado, o homem tentou violentá-la sexualmente.

Em entrevista ao Uol, a dekegada responsável pelo caso comentou sobre os crimes. "A mãe está visivelmente fragilizada. A filha também, mas a mãe já vem de uma violência há muitos anos. Toma remédios. Ela disse que em muitos momentos chegou a pensar em denunciar, mas por conta da dependência financeira, de ter duas filhas com ele, foi resistindo. Hoje a filha acabou denunciando", contou a Juliana Kado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários