Exame
Márcia Foletto/Agência O Globo
Além do teste, será exigido o preenchimento de um documento chamado "Declaração de Saúde do Viajante"

governo brasileiro vai passar a exigir um exame com resultado negativo para Covid-19 para quem chegar ao país por avião. O teste terá que ser do tipo RT-PCR, considerado o melhor para detectar a presença do novo coronavírus. A exigência terá validade a partir do dia 30 de dezembro e vale tanto para brasileiros quanto para estrangeiros.

A regra foi estabelecida em portaria publicada na quinta-feira em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). O texto renova o fechamento da fronteira por via terrestre e aquática (em vigor desde março, com algumas exceções) e acrescenta a nova exigência para quem entrar no Brasil por via aérea.

"O viajante de procedência internacional, brasileiro ou estrangeiro, deverá apresentar à companhia aérea responsável pelo voo, antes do embarque, documento comprobatório de realização de teste laboratorial (RT-PCR), para rastreio da infeção por SARS-CoV-2, com resultado negativo/não reagente, realizado com 72 horas anteriores ao momento do embarque", diz o texto.

Também será exigido preencher um documento chamado " Declaração de Saúde do Viajante ", "com a concordância sobre as medidas sanitárias que devem ser cumpridas durante o período que estiver no país". A portaria é assinada pelos ministro Walter Braga Netto (Casa Ciivl), André Mendonça (Justiça) e Eduardo Pazuello (Saúde).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários