.
Reprodução: iG Minas Gerais
Flávio Bolsonaro



O esquema das "rachadinhas" ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira (14): o desembargador Fabio Dutra, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou recurso da TV Globo para ter o direito de exibir documentos do processo referente à investigação do  senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa.


Na decisão, o magistrado afirma que, até o momento, não haveria motivo  para legislar a favor emissora. Segundo ele, a proibição, que ocorre desde setembro, não corre risco de prejuízo irreparável.

Esta não é a primeira vez que um recurso é indeferido no caso: a juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível, já havia decidido pelo mesmo caminho. Em seu despacho, a emissora não pode "divulgar informações, exibir documentos, expor andamentos do processo investigativo criminal" que envolvam o filho do presidente Jair Bolsonaro.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários