Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Para a maioria dos entrevistados pelo Datafolha, o  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não tem culpa pelas mortes causadas pela pandemia de Covid-19. Até o momento, mais de 181 mil mortes foram registradas no Brasil pela Covid-19.

Para 52% dos entrevistados, Bolsonaro não tem nenhuma culpa pelo total de mortos causados pela doença. Outros 38% disseram acreditar que o presidente é um dos culpados, mas não o principal, e 8% afirmaram que ele é o principal culpado pelas mortes.

Em agosto, o Datafolha realizou a mesma pesquisa. Na ocasião, 47% disseram que ele não tinha culpa nenhuma.

Embora a maioria da população isente o presidente da responsabilidade pelas mortes, os números em relação à Bolsonaro não são tão positivos quanto pode parecer.

Dos entrevistados, 42% avaliam como ruim ou péssima a atuação de Bolsonaro em relação à pandemia. Já 27% veem as ações do presidente como regulares, e 30% avaliam como ótimas ou boas.

Você viu?

Mulheres avaliam o desempenho do presidente na pandemia pior do que homens, já que 47% delas consideram ruim ou péssimo, contra 35% dos homens.

Entre mais ricos (55% avaliam mal) e escolarizados (57%), além de quem vive nas grandes cidades (onde 49% avaliam mal as ações do presidente, contra 36% no interior).

53% dos entrevistados disse acreditar que o Brasil não fez o que era preciso para evitar as mais de 181 mil mortes pela Covid-19. A pesquisa Datafolha foi feita entre 8 e 10 de dezembro com 2.016 brasileiros em todas as regiões do país, por telefone. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Em diversas ocasiões o presidente da República menosprezou a gravidade da pandemia da Covid-19. A declaração mais famosa foi de que a doença seria apenas uma “gripezinha”.

Mais recentemente, chegou a dizer que o Brasil deveria  “deixar de ser um país de maricas” e afirmou que “estamos vivendo um finalzinho de pandemia”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários