Acidente aconteceu na BR-381.
Reprodução/Globonews
Acidente aconteceu na BR-381.

O motorista do ônibus que se acidentou na BR-381 em João Monlevade (MG) fugiu após o ocorrido por medo da reação das pessoas, informou o delegado responsável pelo caso. Luiz Viana de Lima se apresentou à Polícia Civil para prestar depoimento na última segunda-feira (7) . As informações foram dadas pelo UOL .

"Ele fugiu porque, segundo ele, ficou com medo . Porque muitas pessoas que paravam no local, alguns outros motoristas, estavam procurando por ele, querendo saber 'cadê o motorista?'. Então ele se sentiu acuado e resolveu fugir. Essa é a declaração dele", afirmou o delegado Paulo Tavares em entrevista coletiva.

De acordo com Tavares, o motorista se apresentou voluntariamente à polícia, ao lado de um advogado, e chorou durante o depoimento , que teve duração aproximada de três horas.

O delegado também disse que Luiz Viana de Lima confirmou que houve uma falha técnica . A informação deve ser confirmada posteriormente através de provas periciais e testemunhais.

“Ele esclarece que houve um problema no freio do ônibus . Ele explicou a situação do reparo que foi feito [durante a viagem]. A princípio, a parada para consertar o problema não tem nenhuma relação com o acidente. O sinal de pane foi na hora do acidente", afirmou Tavares.

O delegado disse, ainda, que o depoimento do motorista “condiz com uma certa lógica com outros depoimentos e algumas situações que conseguimos apurar”. Não foram detectadas grandes divergências e ainda serão realizadas novas diligências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários