crime
Reprodução
Adolescente de 13 anos mata o próprio pai porque se apaixonou pela madrasta

Uma menina de apenas 13 anos foi presa porque é acusada de esfaquear o próprio pai até a morte em Jataí, em Goiás, na madrugada do último dia 29 de novembro. Segundo a Polícia Militar, o motivo do crime seria uma paixão da adolescente pela madrasta, que tem 20 anos.

A adolescente foi detida em flagrante, pouco depois do crime, na casa onde morava com a avó. A vítima chegou a ser socorrida para uma unidade de saúde, mas morreu no local pouco tempo depois.

“Levantamos com a PM, que atendeu a ocorrência, e familiares, que ela havia nutrido uma certa paixão pela madrasta. O pai teve acesso a algumas mensagens e até a uma carta que a menor teria escrito para a madrasta. Ele conversou com ela e a repreendeu, mas a menor não teria gostado” disse o delegado Marlon Luz, em entrevista ao portal G1.

Segundo o  boletim de ocorrência, a adolescente havia ingerido bebida alcoólica pouco antes de esfaquear o pai para criar “coragem” de cometer o crime.

O documento informa que a menina foi até a casa onde o pai vivia com a madrasta na madrugada da noite do crime e disse a ela que gostaria de conversar com ele. Quando se encontraram, porém, ela o matou.

A adolescente foi encaminhada à delegacia e será levada a um centro provisório de internação. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários