Amazônia
Reprodução
Pesquisa mostra insatisfação de 46% dos brasileiros sobre gestão de proteção à Amazônia

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha apontou que, para 46% dos brasileiros entrevistados, o trabalho do presidente Jair Bolsonaro paa impedir o desmatamento na Amazônia é considerado ruim ou péssimo. 1.524 pessoas, de todas as regiões do Brasil, participaram da pesquisa.

O estudo aindo mostrou que, dentre os entes responsáveis pelo combate ao desmatamento da floresta - como governos estaduais, Ibama e o próprio ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles - o presidente foi o pior avaliado.

Para 42% da população, os governos estaudais são avaliados de forma negativa. 38% consideram o trabalho do ministro Ricardo Salles e o vice-presidente Hamilton Mourão ruim ou péssimo, e 20% criticam a atuação de instituições como Ibama e Funai.

Na pesquisa, 27% dos entrevistados avaliaram o trabalho do presidente de forma ótima ou boa e outros 25% votaram numa avaliação regular. O resultado mais próximo da unanimidade diz que 93% dos brasileiros afirma er possível ganhar dinheiro protegendo a floresta e icentivando atividades sem desmatamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários