Veredor homofóbico é preso por estuprar adolescente
Arquivo pessoal
Veredor homofóbico é preso por estuprar menina de 15 anos

O vereador Daniel Rabelo Silva, de Curuçá (PA) foi preso por suspeita de estuprar uma adolescente de 15 anos. O político, mais conhecido como Daniel do Abade, foi indiciado por estupro qualificado e teve a prisão preventiva decretada pela Polícia Civil do Pará.

Daniel do Abade estava sob condicional, mas, segundo a polícia, descumpria os horários de saída e retorno para sua residência.

Ataques homofóbicos

O vereador se envolveu em polêmica no final do ano passado, quando fez comentários homofóbicos atacando a realização da 2ª edição da Parada LGBTQI+ de curaçá.

À época, Daniel do Abade chamou o evento de "fim do mundo" e que a “imoralidade deveria ficar entre quatro paredes”. Na publicação, o político também dizia que era um problema as crianças verem tudo aquilo. A publicação foi apagada minutos depois. Minutos depois, o vereador afirmou em vídeo na mesma rede social que estava apenas manifestando sua opinião.

Publicação homofóbica de vereador no Instagram
Arquivo pessoal
Publicação homofóbica do vereador Daniel do Abade


“É direito meu também”, e seguiu com declarações polêmicas. “É absurdo apagarem a postagem de uma pessoa que está ali se manifestando de forma passiva. Eu tenho muitos amigos viados, mas que são viados de verdade, não são vândalos que querem ‘aparecer'”.

    Veja Também

      Mostrar mais