Médium João de Deus também já foi acusado de posse de armas
Agência O Globo
Médium João de Deus também já foi acusado de posse de armas

O médium João de Deus , condenado a 63 anos de prisão por crimes sexuais , foi levado às pressas ao hospital Ânima Centro Hospitalar, em Anápolis na manhã desta sexta (23).

Segundo o advogado Marcos Lara, o médium relatou sintomas de fadiga e fortes palpitações no peito. João segue no hospital realizando uma bateria de exames.

No final de março, ele deixou o presídio para cumprir sua pena em prisão domiciliar por conta do risco de contrair o novo coronavírus (Sars-Cov-2).


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários