Desembargador Kassio Nunes foi indicado por Bolsonaro para a vaga de Celso de Mello no STF
Reprodução/TRF-1
Desembargador Kassio Nunes foi indicado por Bolsonaro para a vaga de Celso de Mello no STF

Na próxima quarta-feira (21), o desembargador Kassio Nunes será  sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para que tenha autorização de assumir a cadeira vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) desde a aposentadoria de Celso de Mello. Porém, segundo informações da coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo, a votação pode ser mera formalidade, uma vez que ele já conta com maioria entre os votantes.

De acordo com a publicação, 44 dos 81 senadores disseram que pretendem votar a favor do indicado do presidente Jair Bolsonaro, sendo que ele precisa de apenas 41 votos. Oito afirmaram que votarão contra e o restante preferiu não comentar sobre o assunto. Na CCJ, o cenário é o mesmo: precisando de 14 dos 27 votos dos membros da Comissão, Kassio já conta com 17 favoráveis.

Ainda de acordo com o texto, os "indecisos" devem realizar encontros com o candidato ao posto no STF nos próximos dias, antes da votação. Tal decisão pode ser ponto favorável a Nunes , que já teve sua "estratégia de convencimento" elogiada por alguns dos senadores .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários