foto do professor
Reprodução
Após ter mandado mensagens fazendo referência ao naturismo, o professor enviou a foto

Em Campinas (SP), um professor está sendo investigado por ter enviado uma foto nu "por engano" para um grupo de alunos do 7º ano do Ensino Fundamental. As informações são do UOL.

De acordo com o portal, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo apura a conduta do professor, que dá aula em uma escola estadual de Campinas. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (16) e o docente será  afastado até o esclarecimento do caso.

Segundo o UOL, os pais das crianças disseram estar indignados, alegando que os filhos estão "em choque". O suspeito afirma ter enviado a foto por engano "ao grupo errado".

A mãe de uma aluna contou ao UOL que foi surpreendida ao ver no grupo mensagens consideradas 'estranhas' do professor de artes. De acordo com a mulher, o docente enviou, às 7h45, três mensagens fazendo referências ao naturismo (prática em que as pessoas ficam nuas), e na sequência uma foto em que aparece nu segurando um copo de achocolatado com a frase "bom dia, pelados. Com achocolatado gelado e corpo pelado. Ótimo dia de chuva a todos. Beijos, pelados".

"Minha filha veio correndo falar comigo e mostrou a foto. Ela ficou sem reação, com muita vergonha. Eu peguei o celular dela e saí do grupo na hora", disse a mãe em entrevista ao portal. Os outros alunos também tomaram a mesma atitude.

Boletim de ocorrência

Ainda conforme o UOL, um boletim de ocorrência foi registrado pela mãe de um dos alunos. O professor é investigado por divulgar fotos e vídeos contendo pornografia envolvendo criança ou adolescente (artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente).

    Veja Também

      Mostrar mais