Rio
Divulgação/Polícia Civil
Grupo preso no Rio de Janeiro contava com dois integrantes de São Paulo

Agentes da Delegacia Especializada em Armas Munições e Explosivos (DESARME) prenderam, na tarde desta sexta-feira (9), quatro homens, dois deles de São Paulo, integrantes de uma quadrilha especializada em aplicar golpes em idosos e instituições financeiras no Rio de Janeiro .

De acordo com o delegado Rodrigo Coelho, os policiais foram até um endereço residencial no bairro de Camboinhas, em Niterói, para fazer levantamento de um local mapeado pelo setor de inteligência da especializada como sendo de esconderijo de marginais armados.

Após monitorarem por algumas horas, constataram o trânsito intenso de motoboys. Ao abordar um deles antes que entrasse na residência, encontraram vários cartões de créditos e débitos . Ao entrar no imóvel, flagraram os demais integrantes operando computadores, realizando o chamado “golpe do motoboy”.

Trata-se de uma simulação de clonagem do cartão da vítima. Integrantes da quadrilha entram em contato como se fossem da instituição financeira e alegam que precisam recolher o cartão que teria sido clonado. Um motoboy vai até a residência da vítima para fazer o serviço.

Os bandidos ainda solicitam que ela ligue para o SAC da operadora. Com um programa de computador, eles desviam a ligação para um telefone em que um dos integrantes atende e orienta que a vítima digite a senha no teclado. De posse do cartão e da senha, eles realizam compras e saques.

Junto com os suspeitor, foram apreendidos 18 cartões, 48 máquinas de crédito/débitos, três notebooks, nove celulares, três motos e um carro. Eles foram autuados em flagrante por receptação e organização criminosa .

    Veja Também

      Mostrar mais