Agressão a jovem em SP
Reprodução
Agressão a jovem em SP

Um jovem negro e gay, chamado Robson Gael, foi agredido por três homens enquanto passeava com seu cachorro na região central da capital paulista por volta das 17h no último domingo (4). O vídeo da ocorrência começou a viralizar nas redes sociais, nesta terça-feira (6) e mostra os ataques contra o jovem, que se diz vítima de racismo e homofobia.

Na ocasião, eles teriam chamado ele de “viadinho” e “preto safado”. Além das agressões a Gael, seu cachorro também sofreu ataques. Veja o vídeo das agressões à seguir:


"Eu estava passeando na rua com meu cachorro e eles começaram a me insultar me chamando de negro safado e vieram para cima de mim", disse.

E completou: “Eu estou aqui cortado. Todo machucado. Fui abordado por três indivíduos brancos, ‘héteros’ aqui no centro de SP. Me agrediram pelo simples fato de ser gay e negro”, disse o jovem no vídeo acima.

O jovem ainda falou que a situação o deixou com o sentimento de impotência. "Em pleno país onde a maioria da população é negra, a gente precisa passar por umas coisas dessas. Ah, e pra você que ainda acha que não existe racismo neste país, esses cortes aqui na minha boca e as lesões que eu tenho pelo corpo sejam prova viva”, afirmou.

Apesar do jovem dizer que o caso foi motivado por racismo e homofobia, o Boletim de Ocorrência foi feito apenas como agressão.

“Por mais que eu tenha falado e por mais que a minha testemunha tenha falado, não saiu como homofobia e nem tão pouco racismo. Inclusive um dos pontos que eu fiquei revoltado e questionei é que no meu boletim de ocorrência entrou como pardo. E eu não me defino como pardo. Eu sou negro”, disse Robson.

Todos os envolvidos na ocorrência foram levados à delegacia pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) e liberados após prestarem depoimento.

    Leia tudo sobre: gay

    Veja Também

      Mostrar mais