sementes
ESTADÃO CONTEÚDO
Sementes: Agricultura faz balanço sobre pacotes recebidos sem solicitação


Um levantamento feito pelo Ministério da Agricultura , divulgado na última sexta-feira (2), contabilizou o recebimento de 199 pacotes de sementes enviadas de países asiáticos ilegalmente ao Brasil , até o momento o material foi recolhido em 23 estados, além do Distrito Federal.


Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins são os estados que relataram algum caso até o momento.

No Rio de Janeiro, Segundo a Secretaria de Estado de Agricultura, desde a última semana de setembro foram recolhidas 24 embalagens de sementes suspeitas . Ao todo, foram realizadas quatro notificações na capital, 19 em Niterói e uma em Cantagalo, na Região Serrana. Todas os itens foram enviados para análise no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária (LFDA) de Goiânia (GO)

A recomendação das autoridades é para que os pacotes não sejam abertos e que casos suspeitos sejam informados imediatamente aos canais oficiais dos órgãos estadual e federal. Como ainda não há informações suficientes sobre os componentes das sementes , há risco de introdução de espécies vegetais exóticas que promovam algum tipo de desequilíbrio em um novo ambiente, ou ainda a introdução de pragas e doenças inexistentes no território brasileiro.

"As sementes não devem ser manuseadas , plantadas e descartadas no lixo comum. É preciso contatar o ministério ou a Defesa Agropecuária estadual para realizarem o recolhimento do material e envio ao laboratório para análise. É fundamental estar atento aos possíveis riscos oferecidos, especialmente por materiais de propagação vegetal", ressaltou o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Para comunicar às autoridades sobre o recebimento de pacotes com sementes vindos do exterior, basta entrar em contato como Ministério da Agricultura pelo WhatsApp (21) 98164-2632 ou enviar um e-mail para o endereço gab-rj@agricultura.gov.br. A Defesa Pecuária do Rio pode ser contactada no telefone (21) 3607-6035 ou pelo e-mail: sda@agricultura.rj.gov.br.

Suspeita de brushing

Há suspeita de que as sementes estão relacionadas a prática de brushing , um tipo de fraude no comércio eletrônico. A estratégia tem como objetivo burlar o ranqueamento em sites de comércio eletrônico que funcionam como marketplace, ou seja, quando um único portal oferece produtos de muitas lojas diferentes. É o caso da Amazon e do Aliexpress, por exemplo.

Nesses sites, o número de encomendas é um importante fator de ranqueamento para os vendedores, assim como os comentários sobre as mercadorias. A fraude funciona assim: um vendedor pega dados na internet de uma determinada pessoa e cria uma conta falsa no nome dela. Em seguida, compra um produto seu na loja virtual e despacha a mercadoria para o “cliente fantasma”. Como esse "cliente" tem um endereço real, a ordem de pagamento é validada.

Muitas vezes os pacotes vão vazios ou com produtos de pouco valor, como sementes. Além de inflar artificialmente a venda de seus produtos, o vendedor ainda pode deixar um comentário positivo no site, melhorando sua reputação.

    Veja Também

      Mostrar mais